quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Olhando do Bugio I


       Olhando aquela estrutura "plantada" ali bem no meio do Estuário do Tejo como uma sentinela solitária, fácilmente imaginamos histórias povoadas de marinheiros atentos a qualquer investida de navios inimigos ou envolvendo pescadores que em tempo de borrasca procuram uma referência na luz intermitente do seu farol!



        Gostava de olhar o Bugio mais de perto e se possível entrar lá e inverter a lógica... gostaria de olhar do Bugio!

Olhando do Bugio II

      
       A oportunidade surgiu numa iniciativa do "Espaço e Memória - Associação Cultural de Oeiras" que promoveu uma visita ao Forte de S. Lourenço da Cabeça Seca, o fabuloso Bugio! 

        A viagem iniciou-se no Porto de Recreio de Oeiras (Marina de Oeiras), e lá fomos em grupos de doze montados em semi-rigidos numa curta viagem que não durou mais de dez minutos...




Olhando do Bugio III








A entrada.

olhando do Bugio IV

        A visita foi superiormente complementada com o saber do historiador e investigador Dr. Joaquim Boiça sendo bem visísvel a sua paixão pela História e histórias dos faróis e neste caso em particular sobre o Forte de S Lourenço da Cabeça Seca, paixão que herdou de seus antepassados, já que é bisneto, neto e filho de faroleiros.
Podemos conhecer um pouco mais de si nesta conversa com a revista "Itinerante".




Olhando do Bugio V









Olhando do Bugio VI





E para terminar "em beleza" fui almoçar um arrozinho de lingueirão num restaurante aqui perto!... Estava óptimo!!!!!