domingo, 11 de dezembro de 2011

Gatos



  



É noite: sobre os telhados de novo
Se perde o rosto redondo da Lua.
Ele, o mais ciumento de todos os gatos,
Olha enciumado para todos os amantes,
O pálido e gordo «Homem da Lua».
Arrasta o seu cio furtivo pelos cantos mais escuros,
Espreguiça-se encosta-se a janelas entreabertas,
Como um frade lascivo e anafado anda
De noite, atrevido, por caminhos proibidos.

                                                       Friederich Nietzsche



quarta-feira, 2 de novembro de 2011

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Stº Amaro de Oeiras - Praia

"Só o fogo e o mar..."






Só o fogo e o mar
podem olhar-se sem fim.

Nem sequer o céu com suas nuvens.

Só o teu rosto,
só o mar
e o fogo.

As chamas,
e as ondas,
e os teus olhos.

Só o teu rosto
interminavelmente.

Como o fogo
e o mar...
                            E. Carranza

sexta-feira, 22 de julho de 2011